Follow by Email

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

FRAUDE NO CARTÃO PONTO

Cozinheira vai receber R$ 70 mil por ter cartão ponto fraudado Advogado e empresa foram condenados pela Justiça a pagar o montante. O Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso da 23ª região (TRT) negou recurso interposto por uma empresa agropecuária de Tangará da Serra, a 242 quilômetros de Cuiabá, e manteve a decisão da juíza titular da Vara do Trabalho do município, Deizimar Mendonça, que determina o pagamento de R$ 70 mil a uma ex-funcionária. A empresa e o respectivo advogado foram condenados por fraudar cartões ponto da mulher que na época exercia a função de cozinheira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Parceiros